Blog

Restrições no pós-operatório de Mamoplastia Redutora

28 de março de 2019

A mamoplastia redutora é uma cirurgia que vai muito além da estética e acaba sendo também uma cirurgia plástica reparadora. Muitas mulheres que sofrem com o tamanho das mamas têm procurado realizar o quanto antes a cirurgia de redução de seios. Outras ainda hesitam em fazer uma cirurgia plástica, mesmo que necessária, por medo do pós-operatório. Agora, você vai tirar todas as suas dúvidas sobre essa cirurgia e descobrir quais as restrições no pós-operatório da mamoplastia redutora.

Quem pode fazer a mamoplastia redutora?

A mamoplastia de redução é recomendada para mulheres que têm seios muito grandes e desejam reduzi-los. O excesso de mamas podem causar diversos problemas físicos, como: má postura, desvio de coluna, dor nas costas, no pescoço e na lombar, dentre outros. Além disso, há a questão estética também. Muitas mulheres de seios grandes não conseguem usar determinadas roupas e ainda sofrem com a desproporcionalidade dos seios em relação ao corpo.

O excesso de mamas pode afetar ainda a auto-estima, principalmente por ser um problema que surge logo na adolescência. Contudo, a mamoplastia de redução deve ser feita somente a partir dos 18 anos, quando a mama encontra o seu pleno desenvolvimento. Fazer a cirurgia antes dos 18 anos pode causar a necessidade de realizar a cirurgia novamente.  

A mamoplastia redutora não só reduz o tamanho das mamas, como também corrige diferenças entre eles. Também é possível reconstruir a mama após um tratamento de câncer, e há ainda a mastopexia, que é o lifting para seios caídos.

Como é feita a mamoplastia redutora?

A mamoplastia de redução é feita com anestesia geral e dura cerca de 2 horas. O cirurgião remove os excessos de pele, tecido mamário e gordura, reposiciona a mama e ainda diminui a aréola. A cicatriz costuma ter o formato de âncora ou T invertido, começando ao redor das aréolas e terminando abaixo da mama.

E como é o pós-operatório de uma mamoplastia redutora?

Cerca de 12 horas após a cirurgia, a paciente recebe alta e pode ir pra casa. O primeiro retorno ao consultório acontece entre 24 e 48h. De modo geral, os primeiros 30 dias são cruciais para uma recuperação perfeita. O mais importante nas primeiras duas semanas é o repouso dos braços. Veja abaixo uma lista de cuidados que devem ser tomados e restrições que devem ser seguidas à risca no pós operatório da sua mamoplastia de redução:

  • Nos primeiros dias, recomenda-se dormir de barriga pra cima. Isso evita que seja feita pressão nas mamas.
  • Ainda sobre a hora de dormir: o ideal é deixar a área levemente elevada. Para fazer isso, use travesseiros nas costas.
  • Em hipótese alguma, a paciente deve levantar os braços!
  • Também não é recomendado dirigir nas primeiras duas semanas de pós operatório.
  • No primeiro mês, evite fazer atividades físicas, principalmente musculação.
  • Usar um sutiã cirúrgico é fundamental na recuperação da mamoplastia redutora. Ele será o melhor amigo do seu pós-operatório, pois comprime e sustenta os seios, o que reduz inchaços e ajuda na cicatrização. O uso deste sutiã especial é obrigatório pelos primeiros 30 dias depois da cirurgia.
  • Também há cuidados a se tomar na alimentação do pós-operatório. O ideal é focar em alimentos leves como sucos, sopas e caldos. Não esqueça de beber muita água também!

A mamoplastia redutora é a solução para mulheres de seios grandes que querem ou precisam diminuí-los. Se esse é o seu caso, não espere mais! Procure por um cirurgião plástico de confiança e realize a sua cirurgia de redução de seios. Na Clínica Anacleto Bassetto você encontra profissionais com especialização em cirurgias plásticas de mama – incluindo a mamoplastia de redução. Entre em contato com a equipe pelo número (41) 3339-6009 e marque já a sua consulta.

Leave a Reply