Blog

Quanto custa uma lipoaspiração?

28 de junho de 2019

Lipoaspiração é o procedimento estético capaz de remover gordura localizada em lugares específicos do corpo, como barriga, pernas, braços, costas e, até mesmo, rosto, remodelando e melhorando os contornos corporais. Pode ser feita também para perder aqueles últimos quilinhos que insistem em permanecer, mesmo após uma rotina de dieta e exercícios físicos. O tipo mais procurado por mulheres e homens é a lipoaspiração abdominal.

Mas como é realizada? Qual a complexidade? E o que justifica o preço da lipoaspiração?

Para entender quanto custa uma lipoaspiração, o que deve ser levado em conta?

A lipoaspiração demonstra melhores resultados quando o paciente está próximo ao peso ideal. A faixa etária mais recomendada é de 16 a 35 anos, pois quanto maior a elasticidade da pele, desenvolvimento e o tônus muscular (fonte de apoio e contorno dos tecidos aspirados), melhor o resultado.

A cirurgia pode ser realizada com anestesia geral, peridural ou local, dependendo das regiões escolhidas. Em geral, as cicatrizes da lipoaspiração medem cerca de meio centímetro, mas podem ficar imperceptíveis com o passar do tempo – e não causam nenhum incômodo.

O procedimento dura em torno de três horas, porém esse tempo pode ser maior ou menor, variando conforme o paciente e os detalhes a serem corrigidos em cada caso.

“É importante lembrar que não existe uma tabela fixa de valores para a lipoaspiração e o custo pode variar de acordo com as características da cirurgia. Os honorários do cirurgião escolhido, a parte do corpo em que será realizada a lipoaspiração, técnica utilizada, a clínica e a quantidade de gordura a ser retirada, são alguns fatores que influenciam o valor final da cirurgia. Como se trata de uma importante decisão e que diz respeito à saúde de uma pessoa, nem sempre o menor preço é a melhor opção”, ressalta o cirurgião plástico, Anacleto Bassetto.

Em quais áreas do corpo eu posso fazer o procedimento?

A lipoaspiração pode ser feita em qualquer área do corpo em que haja gordura localizada. Abdômen, região dorsal, coxas, lateral das mamas, braços e papadas são regiões frequentemente submetidas a esta cirurgia.

É possível fazer a lipo em várias partes do corpo durante a mesma cirurgia, no entanto, o Dr. Anacleto Bassetto ressalta a importância de que o tempo da cirurgia não seja muito longo. “Também é preciso avaliar a presença de doenças relacionadas à idade da paciente, a fim de definir o tempo limite de duração do procedimento”, sinaliza o médico.

Tipos de lipoaspiração

Lipoaspiração tradicional: realizada com cânulas que sugam a gordura da região selecionada, feita com anestesia local com sedação.

Lipoescultura: permite que a gordura retirada seja tratada e colocada em outras regiões do corpo, mudando o contorno corporal.

Vibrolipo: denominação atribuída ao aparelho usado, que proporciona vibração nas cânulas durante a cirurgia, facilitando o manuseio do cirurgião, possibilitando o uso de movimentos mais sutis e diminuindo os riscos e simplificando a retirada da gordura.

Hidrolipo: as técnicas da lipoaspiração e da hidrolipo são bem parecidas, apesar de o método utilizado na segunda ser menos invasivo. Por isso, a hidrolipo é indicada somente para quem já tentou eliminar o excesso através de dietas e exercícios, mas não se livrou de depósitos de gordura em papadas e culotes, por exemplo.

Como é o pós-operatório da lipoaspiração?

A paciente fica internada por até 24 horas, podendo receber alta com até 12 horas de pós-operatório. O curativo é feito no ato operatório e trocado após 48 horas. Algumas orientações precisam ser seguidas à risca, tais como:

  • Repouso relativo em casa, nos primeiros sete dias;
  • Banho completo no 2º dia após a cirurgia, sem remover o curativo de micropore;
  • Não fazer esforços físicos por cerca de sete dias;
  • Usar modelador elástico por 60 dias;
  • Banho de sol somente após 90 dias e com uso de filtro solar.

A alimentação no pós-operatório deve ser leve, à base de caldo, sopa, saladas, frutas, legumes, verduras e carnes magras grelhadas. Além disso, é fundamental beber bastante água para ajudar a drenar o líquido em excesso.

Resultado final da lipoaspiração

No primeiro mês são comuns manchas roxas e inchaço. As regiões operadas ficam doloridas e muito sensíveis ao toque.

Após o sexto mês o resultado final costuma se fazer visível, de forma que pele e regiões subcutâneas readquirem aspectos e consistências normais, podendo esse espaço de tempo variar de paciente para paciente.

Não esqueça que é necessário contar com um profissional capacitado, pois a lipoaspiração é uma cirurgia extremamente delicada. Por isso é necessário que um bom cirurgião realize o procedimento, uma vez que erros, por menores que sejam, podem fazer toda a diferença no resultado final.

Para garantir o melhor resultado na sua lipoaspiração, conte com os profissionais da Clínica Anacleto Bassetto, em Curitiba.

Entre em contato pelo telefone (41) 3339-6009 e agende sua consulta.

Leave a Reply