Mentoplastia

MENTOPLASTIA

INFORMAÇÕES GENÉRICAS:

O queixo constitui um dos principais pontos de referência no estudo estético da face, já que faz parte integrante do todo. Para que ele se harmonize esteticamente com o nariz, os olhos e a boca, o queixo ideal deve ter um posicionamento dentro de certos limites, contudo, não é incomum que ele possa se apresentar em uma posição mais avançada ou mais retraída, comprometendo a beleza do rosto. Para ambas as situações existe a possibilidade de correção cirúrgica. A Mentoplastia mais comum é aquela que visa corrigir o retro-posicionamento  (queixo retraído) e isso se faz através da inclusão de uma peça de silicone ou outro material compatível. A finalidade principal da Mentoplastia é melhorar o equilíbrio da fisionomia do(a) paciente, mantendo suas características individuais.

 INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS 

Tipo de anestesia:

Tratando-se apenas de correção do mento (queixo), a anestesia será local (com ou sem sedação, dependendo do caso), todavia, se o ato cirúrgico estiver associado a outras intervenções, poderá ser utilizada a anestesia geral.

Tempo de duração da cirurgia:

Em média 30 minutos.

Período de internação:

O período de internação será de 1 a 2 horas.

Características da peça de silicone:

A peça utilizada é pré-moldada. A escolha será feita de acordo com a conveniência de cada caso. O silicone, na forma sólida, vem sendo utilizado há 40 anos, em todo o mundo, sem que se tenha apontado presença de ação cancerígena desse produto. Trata-se de uma substância inerte e que depois de introduzida se mantém em seu lugar de introdução, já que o próprio organismo se encarrega de elaborar uma cápsula fibrosa que envolve a peça. Raros são os casos de eliminação daquela e, quando isso acontece, é devido a problemas surgidos no pós-operatório, tais como infecção, traumatismo sobre a área operada, hemorragia, etc. Nesses casos, retira-se a peça mediante simples cirurgia sob anestesia local. Posteriormente, poderá ser reintroduzida uma nova peça.

Cicatrizes:

A inclusão da prótese de silicone poderá ser feita por dentro da boca, ficando assim, uma cicatriz interna, não visível. Pode ainda ser inserida mediante uma pequena incisão na parte inferior do queixo.

Dor no pós-operatório:

Geralmente não há dor; em havendo, debela-se com uso de analgésicos comuns.

Curativos:

É utilizado um curativo local cuja finalidade é a de ajudar a manter a prótese imobilizada, além de servir de proteção a eventuais traumatismos que possam ocorrer nos primeiros dias.

Repouso:

Dependendo do tipo de atividade, apenas um dia  de repouso será suficiente. Casos especiais poderão demandar cuidados relativos por 8 a 10 dias. Todavia não é necessário repouso absoluto.

Associação com rinoplastia:

É comum a ocorrência de associação entre os dois atos cirúrgicos, visando um melhor equilíbrio da face. A isto dá-se o nome de Perfiloplastia.

PRÉ-OPERATÓRIO

Exames:        

Hemograma

Coagulograma

Bioquímica: Sódio, Potássio, glicemia, creatinina. SGOT, SGPT

Eletrocardiograma + Risco Cirúrgico (cardiologista)

Fotografias:

Pré e pós-operatória.

Objetiva a avaliação e programação da técnica cirúrgica a ser usada, assim como a comparação do pré e pós-operatório e a documentação científica. 

Consulta pré-anestésica: 

É importante que, previamente a cirurgia o paciente se consulte com o anestesiologista. Essa consulta é importante para o paciente adquirir confiança no procedimento anestésico, bem como informar ao médico possíveis doenças preexistentes e medicações tomadas.        

Orientações:

  • Internar-se no hospital/clínica, com 1 hora de antecedência.
  • Não levar jóias para o hospital.
  • Levar para o hospital todos os exames complementares.
  • Informar, até a véspera da cirurgia, casos de virose, infecção na garganta e, principalmente, algum dente da arcada inferior que esteja infeccionado ou inflamado (nesse caso há que tratá-lo antes de programar a  Mentoplastia).
  • Internar-se no hospital/clínica determinado no dia e hora indicados na guia de internação.
  • Em caso de anestesia local, permite-se uma refeição leve até 2 horas antes da cirurgia. Em se tratando de geral, manter-se em jejum por 6 horas.
  • Comparecer à internação acompanhado.
 PÓS-OPERATÓRIO 

Orientações:

  • Evitar sol nos 7 primeiros dias.
  • Voltar ao consultório para curativos e controle do pós-operatório nos dias e horário marcados.
  • Atividade sexual após 1 semanas.
  • Escovar os dentes usando apenas escova macia.
  • Fazer bochechos com Cepacol 6 vezes por dia.
  • Não se preocupar com o edema (inchaço) do queixo, que é natural e pode persistir por 4 semanas.
  • Alimentar-se livremente, porém, nos primeiros dias, evitar alimentos sólidos que exijam mastigação intensa.
  • Retornar ao consultório nos dias e horários pré-estabelecidos.
  • Obedecer rigorosamente a prescrição e orientação médica.
  • A sensibilidade voltará ao normal dentro de 3 a 4 semanas

 

Lembrete importante: Toda cirurgia envolve risco e toda intervenção com finalidades tanto estéticas quanto reparadoras pode necessitar retoques.

Consultar este folheto informativo tantas vezes quantas se fizerem necessárias para esclarecer e eliminar perfeitamente suas dúvidas. Restando algum questionamento, contatar o cirurgião.

icon-foneFone/Fax: (41) 3339-6009
icon-fonewhatsapp  (41) 99659-0909
icon-localeRua Martim Afonso, 1363  |  Champagnat  |  Curitiba - PR  |   Brasil  |  CEP: 80730-030