Lipoescultura: a cirurgia que redistribui a gordura localizada

By 25 de setembro de 2019Abdomen, Gluteos, Pernas

Os contornos, ou popularmente mais citados como “curvas” são alguns dos aspectos estéticos mais chamativos na aparência do corpo da mulher. O que poucas pessoas sabem que é existe uma cirurgia que pode simplesmente retirar a gordura presente no abdômen, por exemplo, e realocá-la nos glúteos ou em outra parte do corpo. Incrível, não é? Esse procedimento existe sim, e seu nome é lipoescultura.

Quer saber mais? Leia em nosso terceiro blog deste mês mais curiosidades e informações sobre a lipoescultura:

LIPOESCULTURA. O QUE É?

A lipoescultura é uma combinação de técnicas de lipoaspiração e lipoenxertia, ou seja, por meio da gordura retirada no processo de lipoaspiração, a mesma é utilizada para preencher outra área do corpo, em geral, locais com flacidez, pouco tecido ou depressões.

Inicialmente o cirurgião faz pequenos buracos na pele do paciente para que as cânulas (pequenos tubos) possam entrar; em seguida é feita a infiltração de uma solução salina para amolecer a gordura, fazendo o uso de técnicas para que seja possível separar a gordura do sangue.

Após isso, a gordura é inserida em outro local para modelar outra região do corpo.

EM QUAIS PARTES DO CORPO É POSSÍVEL SUBMETER À LIPOESCULTURA?

É possível fazer o enxerto de gordura em diferentes regiões, as mais procuradas são as mamas, glúteos, rosto e mãos.

QUAL A DIFERENÇA DE LIPOASPIRAÇÃO E LIPOESCULTURA

Muitas pessoas se perguntam, até pela similaridade dos termos. A resposta parece mais simples que parece: na lipoaspiração a gordura retirada não é reaproveitada.

Já a lipoescultura, além da própria retirada de gordura, é necessário um segundo procedimento em que o cirurgião plástico aplica a gordura retirada em outra área do corpo, buscando a harmonia dos contornos desejados pela paciente.

CUIDADOS PRÉVIOS PARA A REALIZAÇÃO DA CIRURGIA

Da mesma forma que destacamos os cuidados necessários para outras cirurgias, a lipoescultura não foge dos mesmos protocolos.

É aconselhável a suspensão do tabagismo de 30 a 60 dias antes da cirurgia, pois o mesmo pode dificultar a cicatrização do paciente.

Medicações que alterem a coagulação também devem ser evitados, além da interrupção do uso de pílula anticoncepcional pela propensão de surgimento trombose.

TRATAMENTOS APÓS A CIRURGIA

Com o inchaço na área onde foi submetida a cirurgia, alguns procedimentos podem ajudar os pacientes que anseiam por uma recuperação mais rápida e saudável. Para tanto, uma ótima alternativa é a drenagem linfática, que auxilia na redução do acúmulo de líquidos, ativando a circulação sanguínea e aliviando a dor. Confira outros benefícios da drenagem para a lipoescultura:

  • Acelera o processo de cicatrização;
  • Minimiza ondulações;
  • Previne o aparecimento de fibroses.

LIPOESCULTURA E DRENAGEM NA CLÍNICA ANACLETO BASSETTO

Referência em cirurgia plástica em Curitiba há mais de 25 anos, a Clínica Anacleto Bassetto passa a contar também com o serviço de drenagem linfática, proporcionando tanto uma cirurgia quanto uma recuperação plena.

Agende agora mesmo sua consulta pelos telefones:  (41) 3339-6009 ou (41) 99659-0909 (Whatsapp).

Leave a Reply