Qual a diferença entre abdominoplastia e miniabdominoplastia

Mais de 80 mil abdominoplastias e miniabdominoplastias são feitas, somente no Brasil, ocupando o terceiro lugar de cirurgias plásticas mais realizadas no país. A flacidez, excesso de pele, gestação e outros fatores são responsáveis pela grande procura das cirurgias.

Você sabe quais são as diferenças entre abdominoplastia e miniabdominoplastia? Ambas as cirurgias tem como objetivo principal a redução do abdome do paciente, mas a principal diferença é complexidade dos procedimentos.

A abdominoplastia visa retirar o excesso de pele e de gordura localizada em todo o abdome, trazendo mais firmeza ao músculo e deixando a barriga mais lisa e tonificada. Já a miniabdominoplastia consiste em retirar uma extensão menor de acúmulos de gordura e pele apenas da região inferior da barriga (região debaixo do umbigo).

Tanto a abdominoplastia quanto a miniabdominoplastia podem ser associadas à lipoaspiração para melhores resultados e para um melhor contorno corporal.

Indicações

Homens e mulheres podem fazer a abdominoplastia ou miniabdominoplastia. Em ambos, as cirurgias são bastante parecidas. O posicionamento da cicatriz é diferente, pois a maioria dos homens usam roupa íntima na região baixa do abdômen de maneira diferente que as mulheres usam suas calcinhas/biquinis. A abdominoplastia nos homens é uma cirurgia altamente eficaz quando existe excesso de pele e gordura pendente. Pode melhorar a famosa barriguinha de chopp, desde que ela seja composta de gordura que se localiza na parte de fora dos órgãos, ou seja, aquele tipo de gordura que não é do tipo visceral. Vale ressaltar que essa cirurgia não é uma forma de conseguir um abdômen definido, isso se deve ao esforço do próprio paciente, que precisa ter dieta saudável e prática de exercícios regulares.

Pós-operatório

Nas duas cirurgias, o pós-operatório deve ser cuidadoso para melhores resultados. É preciso usar uma malha compressora, também conhecida como cinta pós-cirúrgica, de tamanho adequado ao paciente, por pelo menos 35 dias. Durante os primeiros 15 dias é necessário evitar exercícios físicos e esforço, obtendo ajuda até para subir escadas. O uso de roupas apertadas (íntimas e calça jeans, por exemplo) também precisa ser evitado nos primeiros dias.

Gestação e abdominoplastia

É comum que muitas pessoas digam que não se pode engravidar, depois de fazer abdominoplastia. Mas essa informação é incorreta. A abdominoplastia não impede a gestação, afinal o tratamento realizado na musculatura abdominal durante a cirurgia apenas reposiciona seus músculos ao seu local original e reforça a porção central para melhorar a estética do abdômen, não impedindo o crescimento uterino numa futura gestação. Vale ressaltar que a única recomendação seria ter um controle adequado do peso durante a gestação, já que ela pode causar um afastamento lateral da musculatura do abdômen, conhecido como diástase, além de poder causar estrias ou flacidez na pele.

Resultados da abdominoplastia e miniabdominoplastia

Os resultados de ambas as cirurgias são visíveis logo depois da realização do procedimento. Porém, com o desaparecimento total dos edemas e inchaço, o resultado final fica em torno de 5 meses pós-cirurgia. Além disso, o cirurgião pode recomendar algumas sessões de drenagem linfática para acelerar ainda mais o processo de resultados e melhorar a cicatrização.

icon-foneFone/Fax: (41) 3339-6009
icon-fonewhatsapp  (41) 99659-0909
icon-localeRua Martim Afonso, 1363  |  Champagnat  |  Curitiba - PR  |   Brasil  |  CEP: 80730-030